Alentejo / Herdade do Esporão

Esporão Private Selection Tinto

2012 2011 2009 2008 2007

Tinto Branco

Conceito do Vinho

O Esporão Private Selection é a nossa concepção de um vinho de garrafeira tinto clássico do Alentejo: intenso e rico no nariz, mas sem exageros, equilibrado na boca, porém com bom potencial de guarda.

Este ano, desafiámos o artista plástico Alberto Carneiro a ilustrar o rótulo.

Agricultura

Produção Integrada (certificado)

A colheita de 2011 foi memorável. A Primavera e o Verão tiveram temperaturas mais amenas que o habitual, conduzindo os nossos vinhos, de uma forma geral, a uma maior intensidade, equilíbrio e frescura.

GEOLOGIA DO SOLO
Vinha do Canto de Zé Cruz – O solo é franco-arenoso, com a presença de algumas pedras da rocha mãe – granito, que após os primeiros 20m transita abruptamente para argila.

Vinha do Telheiro – O solo é xistoso, bastante pedregoso e muito esquelético.

Vinha das Palmeiras – Os solos são bastante argilosos e profundos.

Castas

Alicante Bouschet, Aragonez, Syrah

Vinificação / Estágio

Cada casta foi vinificada e estagiada em separado.

O Syrah e o Aragonez foram fermentados em pequenos lagares de inox, com pisa-a-pé alternada com curtas remontagens manuais feitas 2 a 3 vezes ao dia, dependendo da nossa prova diária ao longo da fermentação.

Preferimos fermentar o Alicante Bouschet num pequeno depósito de inox e fizemos as remontagens manualmente. A razão desta escolha prende-se com o facto de esta casta ter uma película relativamente frágil, podendo a pisa-a-pé promover uma extracção exagerada de taninos. Após a prensagem mantivemos os vinhos separados, a fim de compreendermos melhor a evolução de cada um. A fermentação maloláctica decorreu nas barricas e de forma espontânea.

30%  em barricas novas e 70% em barricas usadas (1 ano), de 225 l de carvalho francês (Taransaud; Saury; Boutes). Após 18 meses de estágio, durante o qual apenas fizemos uma trasfega imediatamente após a maloláctica, constituímos o lote final, que foi engarrafado no dia 7 de Agosto de 2012, somente com uma ligeira filtração e sem qualquer tipo de colagem.

Mais Informações

O Esporão Private Selection Tinto é uma continuidade do Esporão Garrafeira Tinto, lançado pela primeira vez em 1987. Inicialmente era uma escolha das melhores barricas de Esporão Reserva mas, com o tempo, fomos entendendo melhor as nossas vinhas e naturalmente evoluindo para uma selecção dos melhores talhões da nossa Herdade. No final dos anos 90, construímos uma adega exclusiva para este vinho, passando a ser o centro das nossas atenções. Em 2001 nasce o Esporão Private Selection Branco, com o intuito de desafiar o perfil clássico dos grandes vinhos do Alentejo.

A sua estrutura, personalidade e complexidade vincadas resultam das condições climatéricas, da selecção das melhores uvas do nosso terroir e da criatividade dos enólogos. São vinhos exclusivos, feitos em pequenas quantidades, para momentos intensos e intimistas.

Todos os anos convidamos um artista para ilustrar os seus rótulos, aliando a cultura portuguesa da produção de vinhos à arte.

Vinha

Cada uma das castas que compõem este vinho tem origem em vinhas distintas onde acreditamos que, através de uma viticultura mais depurada, conseguimos a melhor expressão de cada uma destas variedades.

O Aragonez tem origem na Vinha do Canto do Zé Cruz, plantada em 1980. Esta é tradicionalmente a última vinha que colhemos de Aragonez, permitindo um desenvolvimento da maturação fenólica mais lenta e homogénea, originando vinhos perfumados e vibrantes.

O Syrah é proveniente da Vinha do Telheiro, plantada em 1998. Os bagos são muito pequenos, tipicamente ovalizados e, devido aos solos esqueléticos, a produção desta vinha é absurdamente baixa, resultando em vinhos de grande poder e concentração.

O Alicante Bouschet é originário da Vinha das Palmeiras, plantada em 1996 na Herdade dos Perdigões. A vinha fica instalada numa ligeira colina e, apesar de, usualmente, ser uma casta de rendimentos elevados, a óptima exposição solar e boa drenagem a que a vinha está sujeita permite-nos obter uma natural concentração dos bagos, originando vinhos de grande densidade.

Enólogos

David Baverstock e Luís Patrão

Cor

Cor densa e opaca.

Paladar

No palato mostra firmeza, bastante frescura, taninos generosos mas bem fundidos, grande estrutura e elegância.

Formatos

750 ml   ·   1,5 l

Engarrafamento

Agosto de 2012

Álcool/Volume

14.5 %

Acidez Total

6.71 g/l

pH

3.61

Açúcar Redutor / Baumé

2 g/l