Alentejo / Herdade do Esporão

Esporão Private Selection Tinto 2014

2014 2013 2012 2011 2009 2008 2007

Tinto Branco

Conceito do Vinho

O Private Selection Tinto é uma continuidade do Esporão Garrafeira Tinto, lançado pela primeira vez em 1987. Inicialmente uma escolha das melhores barricas de Esporão Reserva evoluiu, com um melhor conhecimento das vinhas, para uma selecção dos melhores talhões da Herdade. Representa a conexão do Esporão com um vinho Garrafeira Tinto clássico do Alentejo: intenso e rico no nariz mas sem exageros, equilibrado na boca porém com bom potencial de guarda.

Fotografia no rótulo por Duarte Belo.

Agricultura

Um Inverno húmido seguido de um Verão ameno com grandes amplitudes térmicas, que permitiram às videiras bons desempenhos de maturação, permitindo ter vinhos mais equilibrados e intensos.

GEOLOGIA DO SOLO

Vinha do Canto de Zé Cruz (Aragonez) – O solo é franco-arenoso, com a presença de algumas pedras da rocha mãe – granito, que após os primeiros 20m transita abruptamente para argila.

Vinha do Telheiro (Syrah) – O solo é xistoso, bastante pedregoso e esquelético.

Vinha das Palmeiras (Alicante Bouschet) – Os solos são bastante argilosos e profundos, com boa drenagem.

Castas

Alicante Bouschet, Aragonez, Syrah

Vinificação / Estágio

Cada casta foi vinificada e estagiada em separado. O Syrah e o Aragonez com fermentação em lagares de mármore, pisa a pé alternada com curtas remontagens manuais feitas 2 a 3 vezes ao dia, dependendo da prova diária ao longo da fermentação. O Alicante Bouschet fermenta num pequeno depósito de inox, com remontagens manuais. Desta forma, e devido à película relativamente frágil da uva, evita-se a extracção exagerada de taninos decorrente da pisa a pé. Após prensagem, os vinhos foram mantidos separados. A fermentação maloláctica decorreu nas barricas e de forma espontânea.

O estágio foi feito 30% em barricas novas e 70% barricas usadas (1 ano) de 225L e 500L de carvalho Francês. Após 18 meses de estágio, durante o qual apenas se efectuou uma trasfega imediatamente após a maloláctica, foi constituído o lote final e engarrafado no dia 23 de Junho de 2016, somente com uma ligeira filtração e sem qualquer tipo de colagem.

Mais Informações

O Esporão Private Selection Tinto é uma continuidade do Esporão Garrafeira Tinto, lançado pela primeira vez em 1987. Inicialmente era uma escolha das melhores barricas de Esporão Reserva mas, com o tempo, fomos entendendo melhor as nossas vinhas e naturalmente evoluindo para uma selecção dos melhores talhões da nossa Herdade. No final dos anos 90, construímos uma adega exclusiva para este vinho, passando a ser o centro das nossas atenções. Em 2001 nasce o Esporão Private Selection Branco, com o intuito de desafiar o perfil clássico dos grandes vinhos do Alentejo.

A sua estrutura, personalidade e complexidade vincadas resultam das condições climatéricas, da selecção das melhores uvas do nosso terroir e da criatividade dos enólogos. São vinhos exclusivos, feitos em pequenas quantidades, para momentos intensos e intimistas.

Todos os anos convidamos um artista para ilustrar os seus rótulos, aliando a cultura portuguesa da produção de vinhos à arte.

Vinha

O lote é constituído predominantemente pelas castas Alicante Bouschet, Aragonez e Syrah. Cada uma tem origem em vinhas distintas, com uma viticultura mais depurada, retirando a melhor expressão de cada uma destas variedades. O Aragonez tem origem na vinha do Canto do Zé Cruz, plantada em 1980. Esta é, tradicionalmente, a última vinha de Aragonez em que é realizada a colheita, permitindo um desenvolvimento da maturação fenólica mais lento e homogéneo, originando vinhos perfumados e vibrantes. O Syrah é proveniente da Vinha do Telheiro, plantada em 1998. Os bagos são muito pequenos, tipicamente ovalizados. A produção desta vinha é muito baixa, resultando em vinhos de grande poder e concentração. O Alicante Bouschet tem origem na Vinha das Palmeiras, plantada em 1996, numa ligeira colina, na Herdade dos Perdigões. A ótima exposição solar e boa drenagem a que a está sujeita, permite obter uma natural concentração dos bagos, originando vinhos intensos.

Enólogos

David Baverstock e Sandra Alves

Cor

Granada profunda.

Aroma

Fruta preta madura, algum tabaco fresco misturado com notas com cacau e o tostado ligeiro do estágio em barricas.

Paladar

Textura sedosa, denso e firme, com a estrutura do tanino a conferir longevidade e persistência.

Formatos

750 ml   ·   1,5 l

Engarrafamento

Junho de 2016

Álcool/Volume

14.5 %

Acidez Total

6.7 g/l

pH

3.5

Açúcar Redutor / Baumé

2.5 g/l