Gastronomia

Chegaram as festas – e agora?

Chegaram as festas – e agora?

Se há altura em que nos demoramos à mesa, é esta. Há o Natal, a passagem de ano, os jantares e almoços de trabalho, de amigos e de família e tantos outros eventos que sugerem uma boa refeição e um vinho e um azeite à medida. Para quem gosta de receber em casa ou de surpreender, deixamos algumas dicas para marcar a diferença.

1 / 3
2 / 3
3 / 3

Monte Velho Tinto

O Monte Velho é o vinho de todas as ocasiões pelo seu potencial gastronómico. Fresco, com aromas e sabores a frutos vermelhos, liga muito bem com pratos de aves como o tradicional peru, temperado com ervas aromáticas e citrinos. Uma boa opção são também os assados no forno, como o de cabrito, que sendo uma carne mais tenra e amanteigada, que quase se desfaz na boca, pede um vinho menos complexo como este. Para terminar a refeição experimente com as tradicionais filhós.

Esporão Azeite Selecção
O Esporão Azeite Selecção é harmonioso, persistente e equilibrado, com um ligeiro picante que cresce na boca e se mistura com os frutos secos. Dá um excelente toque final ao tradicional bacalhau cozido com todos.
Esporão Azeite Biológico Olival dos Arrifes
Sendo um azeite ligeiramente picante e amargo, de aromas herbais, surpreende na finalização de um cabrito assado no forno.
Esporão Azeite DOP Norte Alentejano
Este é um azeite suave, doce e com um ligeiro picante que o torna ideal para regar a típica Roupa Velha.
1 / 2
2 / 2
Esporão Colheita Tinto
Um vinho com densidade, corpo, estrutura e acidez que resulta numa cremosidade vibrante, com um final persistente e elegante. Ideal para acompanhar pratos com sabores mais robustos e reconfortantes, como um cabrito assado no forno com batata doce e castanhas ou um guisado de galo.
1 / 2
2 / 2
Quinta dos Murças Minas 2016
Sendo um vinho exuberante, dominado pela frescura e vivacidade, com acidez bem envolvida, é excelente para acompanhar pratos com sabores mais intensos como o bacalhau no forno e o polvo no forno ou frito.

O bacalhau tanto pode pedir um tinto, como um branco. Pelo seu corpo untuoso, um vinho tinto adequa-se mais. No entanto, há quem diga que peixe, qualquer que seja, deve ser acompanhado por um vinho mais fresco e que, de certa forma, equilibre com os sabores intensos do prato. Assim, sugerimos juntar o bacalhau a um Quinta dos Murças Minas, um tinto com boa frescura e acidez.

1 / 2
2 / 2
Quinta dos Murças Porto Vintage
Este é um Porto que tem muita fruta viva e concentração sendo o complemento perfeito para queijos de sabor rico e intenso, como o queijo da Serra ou o queijo azul, uma vez que atenua um pouco a intensidade de sabores e tem a estrutura necessária para contrastar com a proteína do queijo.

Um Porto é sempre uma excelente escolha para o tradicional bolo rei.

1 / 2
2 / 2
Espumante Esporão
Para celebrar a entrada no novo ano com algo diferente, sugerimos o Espumante Esporão, com notas cítricas e paladar elegante e intenso. Para acompanhar, marisco, os tradicionais sonhos e passas, ou simplesmente como aperitivo.
Outras sugestões
Esporão Late Harvest com tâmaras com bacon

Esporão 2 Castas 2016 com bacalhau assado na brasa

Assobio Tinto 2016 com peru no forno

Esporão Private Selection Branco 2015 com polvo no forno

Esporão Vinha do Canto do Zé Cruz 2013 ou Quinta dos Murças Margem 2016 com peru recheado no forno

Esporão Private Selection Tinto 2012 com tostinhas e queijo da Serra